segunda-feira, 11 de maio de 2009

When everything change

-Quantos minutos? -Ela perguntou novamente, olhar fixo no quadro transparente a sua frente.
-Só mais dois minutos.
-Dois minutos pra mim sumir daqui? -Não tinha mais pra onde olhar. Até mesmo o quadro refletia a cena que se passava ao lado. As cabeças juntas, as cutucadas, além das risadas que já estavam enlouquecendo-a. E pensar que algumas semanas antes, era ela ali. Nem mesmo algumas semanas. A uma hora atrás era ela, olhando para olhos dele, sentido suas mãos envolvendo seus pulsos...
Os dois minutos se arrastaram, e pelo que pareciam séculos, ela esperou pra sair o mais rápido possível dali.
Correu pra fora, e ando nas ruas, segurando as lágrimas que já imploravam pra aparecer. "Não vou chorar por um idiota. Talvez eu nem quisesse ele mesmo..." Mais ela sabia que queria. Queria mais que tudo. Queria os momentos próximos eternizados, as besteiras, as expectativas... E em minutos ele tinha jogado tudo no lixo.
Andou depressa. Não queria pensar, queria ignorar a voz dele ecoando pela rua enquanto ele gritava com a outra, um pouco mais atrás. Quando era com ela, normalmente corava, abria um sorriso tímido, e saia correndo, agora só de pensar...
Mais ela ainda queria ele. Muito. Talvez mais do que ela imaginava. E ele não merecia... Não mesmo.

Desculpem a demora minha pra responder os coments, mais realmente não anda rolando, e de cabeça quente não da muito certo. Sei que o post não é dos melhores, principalmente por que acabei de escreve-lo na correria. Mais não importa. No próximo eu capricho.
Obrigado por virem sempre :*

22 comentários:

Bruna Bianconi disse...

eu gostei do texto, mesmo ele tendo sido feio a pressa, a reação dela, seria a mesma que eu teria.

ótima semana :)

Isa disse...

ih, escrever é simpes, bonitinha.
só tem que ser sincero.

acho que a hora não é propícia para relacionamentos.

sabe, algo celeste e tal, não sei, mas é algo generalizado ..

sabe ..

depois melhora! =)
sempre melhora, mesmo quando parece impossível.

mas lembre-se sempre de se livrar de tudo que te faz mal.

:*

Lara disse...

Saudades desses teus textos apaixonantes. Ficou legal, mesmo escrevendo nas pressas.
beijoos

narinha. disse...

nossa adorei o texto *-*
boa semana pra você ;*

Thalita Prates,15 disse...

euu ameii o textoo queriiida !
contiinua escrevendo pliiix.

May disse...

Me apaixonei pelo texto, juro :x e talvez ele só estivesse provocando ela para que ela percebesse que não consegue ficar sem ele.

Beeeijos (k

m frank. disse...

- presente pra ti no meu blog. :*

m frank. disse...

ah, e eu adorei o texto. nao ta ruim nao, viu? :*

Tay disse...

mesmo feito as pressas o texto tá muito bom! =D

ah esses idiotas que nos fazem chorar... por mais que a gente tente, sabe que é deles que precisamos... ¬¬'

beijoo

Bruna disse...

mesmo feito as pressas o texto tá muito bom! [2]

poisé, esses idiotas sempre fazem agente chorar =(

beejo.

Laila Braga disse...

não capriche... as coisas brutas tem mais essencia...

Fee disse...

Vou te contar um segredo: antes de melhorar, piora. Mas não fica se culpando por querer, a gente vive querendo, mesmo. Eu mesma, queria demais conquistar o mundo, but... rs
Não fica se martirizando por sentir, é só relaxar, encarar como algo absolutamente natural, porque é, na verdade. A gente nem sempre sente acompanhado, né?! Isso, sim, tem de ser resolvido. E depois, o tempo sempre se encarrega de nos fazer enxergar a lição, eu to esperando ver a minha.

Beijo beijo.
Fee

Ana Paula disse...

Oh moça.Eu gostei...^^

Yasmin disse...

no meio disto tudo tudo, a reação foi normal, é uma vontade de sumir, virarr pó, bonito texto, mais um pouco triste, será que ele não percebe que ela gosta dele de verdade e que isto é mais que babaquice? :)

Jéssica disse...

Aaah eu gostei, mesmo sendo escrito correndo :) Gostei da reação dela, de segurar as lágrimas Bjo :*

Julyany ;) disse...

pra quem tem o dom de escrever, mesmo sendo com muita pressa sai bonito, e eu gostei desse texto seu! ;)

aah, respondendo seu comentário no meu blog: siim, fui eu mesma quem escreveu aquele poema, aliás, todos no meu blog até agora fui eu mesma quem escreu! ;) E eu fiquei muuito³³ feliz de saber que vc gostou, é sempre bom saber que as pessoas gostam do que escrevo! shashuashas

Brunadovinil disse...

é bom escrever quando estamos nesse estado. Ajuda. Alivia.

matheus disse...

Tu escreves bem!
Muito bom :)

Varda disse...

Pq ele ficou gritando com a outra? oO

;*

Bella! disse...

CARA, JURO! Você descreveu TUDO que aconteceu comigo sexta, sério. Mesmo mesmo. Fiquei até pasma aqui com tamanha descrição da minha sexta feira D:

Aquela tal de brito disse...

aiiiiii bem como os idiotas nos fazem sofrer
mas pq sempre nos apaixonamos pelos 'idiotas'? pelo menos eu.
HOAUUAHOAHOSAUUSAH
beeeijos;*

Késia Maximiano disse...

Ô meu bem, muitissimo obrigada pelo carinho...

Se cuida viu?
Volte sempre, adoro suas visitas..
Beijo grande