sexta-feira, 12 de março de 2010

Carência.

Esquecer. Era esse o meu objetivo. Apagar da memória aquele nome que eu nem amava, e muito menos entendia o que estava fazendo ali na minha cabeça. Girando, girando, girand... Iria afoga-lo em uma grande garrafa de álcool, já que um copo não havia sido suficiente.
O que eu sentia falta nele? Garoto de duas noites, palavras chulas, movimentos bruscos e que não desistia fácil. Além do mais, ele era remédio por um noite, pra esquecer aquele nome que gritava no meu peito, aquele que ainda grita, que ainda amo. Mais porque ele vinha seguido de outro?
Eram aquelas malditas músicas que na televisão não paravam de tocar. Que me traziam na memória lembranças, das quais eu reclamei por semanas, e ainda reclamo de vez enquanto por ter adquirido. Me lembro bem a sua cara quando disse que odiava as músicas que você ouvia, e a careta que fez quando me chamou de roqueira, ainda rio disso. Mais hoje, com seu nome rodando na minha cabeça, as lembranças tomando gosto, chamo isso por um nome estranho, do qual não gosto muito.

O meu nome pra você? Carência. Pra mim você se chama carência.

11 comentários:

LL disse...

Eu odeio isso, pensar em alguém simplesmente por carência, por não ter em quem pensar! --'
Tbm sinto isso.
beijoos

Borblady disse...

nem sempre pensamos no que queremos pensar .
adorei (:

vivian disse...

hm... a carência já me aprontou uma UAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAH
gostei do texto
:*

Vicky D. disse...

Carencia é um sentimento que eu nunca consigo entender... mas que uma vez ou outra da as caras para "ver" como estou...

Seu texto ficou perfeito!

bjão! =^.^=

Alexandre Fernandes disse...

Necessidade. Quem nunca sentiu isso? Essa louca vontade de ter, de receber, de ser amado, de amar.
A gente sente carência mesmo de coisas que nos faz felizes e plenos.


A carência pode nos levar a fazer tanta coisa. É difícil equilibrarmos as ações nesses momentos. Ai ai!

Beijão Yaas.

=)

αnny disse...

Sempre qe um amor termina ele nos deixa um eco, um vazio... E enquanto esse amor não "sarar" de vez em nossos corações, sempre fica esse tal sentimento CARÊNCIA!

Keel Diniz disse...

chato quando acontece isso ¬¬

:*

Alexandre Fernandes disse...

Passando pra deixar meu carinho.
Não some meu anjo.

Saudade de ti e suas palavras.

Beijão

=)

Brunadovinil disse...

Tenso.
Muito tenso.


[Voltando aos poucos]
=*

m frank. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
m frank. disse...

isso me deixa frustrada! tento não pensar, mas quando consigo algum êxito, vem qualquer coisa e me tras a tona...tudo....

=/