quinta-feira, 2 de setembro de 2010

About the time of love

Segundos. Esse foi o tempo necessário pra mim perceber que não era mais isso que eu queria, que os sentimentos haviam se misturado com os sonhos, e que eu havia me alienado diante dos meus sonhos, que já nem eram mais tanto o que eu queria.
Minutos. Tempo necessário pra mim entender como terminar com a minha dor, rabiscar um plano rápido num pensamento e colocar tudo em ação e perceber os resultados quando lágrimas não escorreram dos meus olhos, mas um sorriso brotou com facilidade no meu rosto.
Horas. O tempo estimulado, por todos a minha volta, que levaria pra bater o arrependimento, pra começar a desmoronar tudo dentro do meu peito, pra mim voltar correndo pros braços abertos desse sentimento que nos últimos meses só vinha me sufocando.
Dias. Ou melhor, um dia, foi o tanto que demorou pros meus olhos pousarem em outra face, pra outro perfume invadir minha mente, e outra pessoa entrar dentro dos meus sonhos. Também foi o tempo em que ela permaneceu por lá... Apenas alguns dias.
Meses. É o que eu dou a esse novo sentimento que me enche o peito agora, o tempo de férias ao meu coração, já desesperado pra ser preenchido por outro sentimento, que já me bate a porta e me pede para entrar.

~Fazem eras que eu não ando escrevendo, eras que nada me parece interessante o suficiente para se escrever sobre, eras que as palavras não vem colaborando comigo. Isso saiu agora, e admito não colocar muita fé nesse texto, mas é o começo de uma nova fase, e eu espero que as coisas melhorem, e com isso, as palavras voltem a fazer dupla comigo. Nunca se sabe! :*

5 comentários:

Keel Diniz disse...

Acho que estou inclusa nos 'meses' hahaha
Gostei do texto, interessante comparação \o/

Ultimamente a blogosfera anda um pouco devagar.. o twitter preenche a maior parte do tempo das pessoas (dessa pessoa aqui hihi), trabalho, facul, escola.. muita coisa. Também sinto falta de escrever :(

:*

be disse...

華麗夢想,

Fernanda disse...

eu ainda estou na fase dos segundos... nossa amei teu texto,me fez refletir sobre a vida

Diego Cosmo disse...

http://dcosmo.blogspot.com/ - "cosmo a pé"

Vicky Doretto disse...

Você voltou!
Que bom!
Eu gostei do texto sim ^-^
E se é o começo de uma nova fase, vi fundo!

Bjão