quinta-feira, 4 de novembro de 2010

tempo de queda...

Ainda me encontro de boca aberta de fronte com o o fato de como as coisas acontecem rápido. Claro, tudo leva tempo, e quando se espera por alguma coisa, ela simplesmente leva eras pra acontecer. Porém, fatos conseguem nos acertar em cheio na questão de segundos, e podem levar milésimos de segundo até que seu corpo encontre o chão com violência, ou no meu caso, você pode ficar horas e horas caindo...
Foi assim. Foram necessários apenas alguns segundos e um comentário despretensioso para me colocar em uma espécie de coma. Eu só ficava lá, flutuando enquanto o meu estômago lutava com meus pulmões por espaço dentro de mim, e minha mente jogava pensamentos um atrás do outro, como pequenas bombas destruindo o oponente aos poucos.
Aquele era o ultimo pilar que segurava a minha estrutura. Apesar de longe e intocável, ele continuava ali, sempre firme. Finalmente tinham o derrubado. Eu havia atingido o chão. E agora era só eu. Eu e meus escombros.

3 comentários:

Keel Diniz disse...

Texte profundo. Muitas pessoas tbm sentem esse impacto que vc descreveu.
;)

Tay disse...

nossa, sem palavras pro teu texto, ou melhor, para os teus textos!

esse choque repentino assim nos deixa meio perdidas, mas as vezes ele se faz necessário pra que possamos nos reconstruir, agora reforçando as fundações...

αnny disse...

Eu acho que cair pode ser bom. Só assim você aprende a levantar!
O tempo que você demora a fazer isso, é o tempo que você permanecerá mais forte a cada queda! ;D