quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Mudanças.

é tão errado querer você do meu lado pra sempre?
é tão complicado alguém entender a minha metatesiofobia?
Por que tudo isso é apenas culpa sua. O fato de você ter feito da minha vida uma coisa completamente desconhecida. Você veio, mexeu em tudo, tirou do lugar, escreveu coisas novas, me fez mudar, fez as coisas ao meu redor mudarem, mudou as regras do meu próprio jogo e agora o mundo ao meu redor vem e me acorda, dizendo que isso não pode durar pra sempre, que eu tenho que pensar no futuro também, e ainda por cima, vem me dizer que o meu amor por você não pode me segurar aqui pra sempre.
Algumas pessoas me dizem que o passado é como um albúm de fotografias, já vivemos aqueles momentos, algumas vezes voltamos lá, rimos, choramos, relembramos... Depois o fechamos e seguimos em frente. Mas e se eu não estiver pronta, e muito menos querer, que você vire apenas mais uma foto no meu albúm?
Minha metatesiofobia é maior que tudo, ainda mais se ela me levar pra longe de você e em rumo ao desconhecido, me fazendo deixar a minha rotina, o meu mundinho pra traz, e junto com ele você!
Eu não quero isso pra mim, e você?

4 comentários:

B! disse...

Meu primeiro amor é meu amor atual, eu não consigo deixar tudo que eu vive com ele pra trás. Não posso fazer dele uma simples foto num album, não dá, pra mim é impossível. E até o momento em que eu encontre alguém pra amar de verdade, o meu amor vai continuar dele, mesmo que se passem 2 ou 3 anos.. Meu amor vai ser de uma só alma, de uma só pessoa, de apenas um coração!

B. disse...

Enquanto o sentimento existir não acho válido tentar esquece-lo.

B! disse...

Eh cara, as pessoas devem achar que todo palhaco eh feliz. As vezes eu to sorrindo por fora, e por dentro chorando.. E ninguem percebe. Soh que parando pra pensar, as vezes eh mais facil viver assim, nao deixando a tristeza tomar conta.. Bjs.

Mah ;) disse...

a b. ta certíssima, não é válido tentar esquece-lo enquando o sentimento existir. e a b! também ta corretíssima em seu segundo coments [eu n li o 1º]; muitas vezes estou rindo, mas nem sempre estou feliz! \o
faço das palavras delas, as minhas :)